Fontes auxiliares para alarme de incêndio ILUMAC

FONTES AUXILIARES - QUANDO USAR, POR QUE USAR, E COMO USAR.

A queda de tensão é um fenômeno físico característico da resistência natural dos condutores elétricos de cobre. Tanto o cabeamento de alimentação das sirenes, quanto o da rede endereçável sofrem com a queda de tensão em grandes distâncias da instalação. 

 

Para evitar que esse fenômeno limite o comprimento do cabo, limitando a área de atuação do sistema, as fontes auxiliares podem evitar esta limitação e garantir o aumento da atuação do sistema. 

 

As fontes auxiliares poderão ser distribuídas pela instalação permitindo que a comunicação se propague ilimitadamente. 

 

Além disso as fontes auxiliares possuem baterias para evitar que a queda de energia da rede elétrica comprometa o funcionamento do sistema.

 

Fornece auxílio também à circuito de sirenes convencionais, permitindo que, mesmo em centrais convencionais, uma instalação de sirenes muito distante não seja prejudicado pela queda de tensão e ainda economize com cabos de espessuras menores.

"As centrais e seus laços possuem limites de quantidade de dispositivos, tensão e corrente".

"Além do limite de carga os laços da rede endereçável, também sofrem com a queda de tensão natural do cabo de comunicação".

QUANDO É NECESSÁRIO INSTALAR?

1. Quando a carga ultrapassar a corrente máxima suportado pelo laço da central ou saída para sirenes.

 

2. Quando a queda de tensão no cabo ultrapassar a máxima permitida de 5% para os laços ou de 10% para os circuitos de sirenes convencionais.

 

3. Quando algum equipamento auxiliar necessita de alimentação independente devido ao seu consumo de corrente ou indução que possa afetar o protocolo de comunicação da central.

A ONDE INSTALAR?

1. Quando a carga ultrapassar a corrente máxima suportado pelo laço da central ou saída para sirenes.

Neste caso a fonte auxiliar deve ser instalada na saída do laço da central ou no local com maior carga.

2. Quando a queda de tensão no cabo ultrapassar a máxima permitida de 5% para os laços ou de 10% para os circuitos de sirenes convencionais.

No local do cabo a onde a queda de tensão ficar acima da máxima permitida em relação a tensão de saída.

3. Quando algum equipamento auxiliar necessita de alimentação independente devido ao seu consumo de corrente ou indução que possa afetar o protocolo da central.

No local onde o equipamento está instalado.

Fontes auxiliares.tiff
Tabela consumo x distancia.png